Vai ter Copa sim! Pena que não é no Brasil… A Copa de 2014 deixou saudades, mas ainda bem que de 4 em 4 anos tem em algum lugar a maior festa do planeta! (Chupa Super Bowl!)
Nostalgia, aquele gostinho de festa vai nos contaminando e a espera nos últimos meses antes de uma Copa do Mundo de Futebol deixa o povo eufórico, e não é só a Rede Globo que vem relembrar os clássicos e os medalhões do esporte, o BSC também faz, do seu jeito.
Qual a primeira Copa que você lembra? Começamos em 1994, a Copa do acalento aos jovens meninos recém nascidos, após 24 anos sem o Brasil ganhar uma mísera Copa, iludiu e alimentou corações com seu sucesso… Mas a vida não é tão fácil assim e o brasileiro ainda está acostumado a ganhar, o que será desse ano?
França 1998, a confiança e a história mal explicada, Coreia e Japão 2002, Brasil deita e mais uma vez se consagra campeão, 2006 África do Sul, Vuvuzelas em chamas e a ajeitada na meia de Roberto Carlos, Alemanha 2010 e o otário do Felipe Neto, e enfim, Brasil 2014, a festa das festas, as lágrimas de euforia e tristeza, e o trauma dos traumas, o desproporcional 11 de setembro brasileiro…
Após o Brasil perder na Rússia, quem será o vilão a ser escorraçado e responsabilizado que perseguiremos?! Ou será que ganharemos!?
Não é só de futebol que vive o futebol, analisamos a moda, os uniformes, os ídolos, as curiosidades, têm membros do BSC que são tarados… A evolução do esporte segundo os videogames de futebol, Di Cardoso é xarope e sabe todas as vinhetas, os slogans, músicas, e jargões de Fifa e Winning Eleven jamais feitos, você reconhecerá todos?
E saiba mais sobre o Chupa O Meu Bolão, o Bolão da Copa do BSC! Entre, se cadastre e dê seus palpites sobre os jogos da Copa. Chance única de competir e comparar seus resultados contra: Heitor Okimura, Marcão Nascimento, Thiago Zap e todos os membros do BSC. Vale bullying nas mídias sociais!

Nem tudo é culpa sua! Muita coisa é culpa do seu DNA. Culpa dos seus pais, seus avós, seu sangue aguado. Você tem uns defeitos em tanto não é mesmo?
Também existem qualidades, uma meia dúzia que seja… um olho fera, uma arcada dentária “preza”, mamilos constantemente em pé ou um sexto dedo na mão.
Mas seus pais passaram muito mais do que defeitos de circo a vocês. Eles passaram vícios, portes atléticos, sua nerdice batata, gosto por café e outras curiosidades que vamos descobrir. Cuidado com as avós rasgadeiras, pois ela provavelmente produzirão netinhas rasgadeiras, gosto por sexo é genético em uma estranha proporção. Filho de peixe, peixinho é, e pau que nasce torto nunca se endireita, imagina uma linhagem toda torta se perpetuando!
O BSC vai adentrar no genoma humano, mentira, vai fazer piada… É isso que eles fazem de melhor e a equipe enxuta joga futevôlei a la Romário, sem deixar a bola pingar. As vésperas do mundial, Norminha, Heitor Okimura, Thiago Zap e Raoni Nicolai em uma apoteótica depreciação do próximo. Programa open bullying, gente falando na cara sem pensar nas consequências ou nos sentimentos do próximo. Nerds parem de se procriar!!!
Todos contra a calvície, um estigma masculino, não é possível que ainda tendem tachar o Rao de calvo! Ansiedade, vício, metabolismo, por que Norminha come em um dia nos trópicos o que um esquimó comeria em uma semana no iceberg? E ainda: o gosto pela farofinha extra, excesso fundamental ou condimento essencial?!
E falando em Rede Globo, Tadeu Schmidt é guru, e em exercício de retórica do melhor argumento bosta, vai ter muita gente falando merda! Como você acha que foram as estatísticas de asneiras? Estamos ouvindo… Você está ouvindo?! Não?! Nasceu daltônico de pai e mãe é? Cuidado pra não confundir a cor do céu, ou para comer bosta achando que é abacate. Tem gente que tem dessas preocupações…

O BSC vai pesado e vem de tabu, desbravando as razões e questões envolvidas no ateísmo. O ateu é o anti religiões? O ateu é imoral? É uma ameaça? Não tem amor no coração?! É o anti cristo?!
O podcast vai explicar enquanto tenta entender, por que cargas d’água alguém seria ateu?! Não parece ser fácil tampouco parece haver vantagens… Será?!
Explicamos e fomos longe, do seu nascimento histórico até a morte de Deus por Friedrich Nietzsche. Desde quando é possível refutar Deus sem morrer, aliás, refutar que Deus?!
Fé, espiritualidade, religiões, deuses; coisas diferentes que se misturam. Separar o joio do trigo não foi fácil, inclusive porque ninguém sabe o que raios é joio, mas fomos entender com um puta time de estrelas: O doutor Octávio Rogens é um bom católico com formação e Thiago Zap é sacristão evangélico, Heitor Okimura, preguiçoso demais para pensar, e ainda temos o time dos ateus.
Ateus, agnósticos, sem religião… Politeístas, funkeiros e panteístas. Os mistérios da diversidade religiosa pelo mundo para muito além da manjadíssima moda ocidental do monoteísmo. E a ciência como fica em tudo isso?! Caberia Deus no Cosmos?!
Quais são as formas de reconhecimento do divino e os mistérios das religiões ateístas! Como pode haver religiões sem um Deus sequer pra mandar e desmandar?!
E em tempos de eleições pesquisas assustadoras assustam: o preconceito e a perseguição aos ateus pode ser o pior de todos os preconceitos. José Luís Datena já dizia: “Isso não é coisa de quem tem Deus no coração!” Cunhas, Garotinhos e os pilantras da igreja, a reflexão das igrejas como inevitáveis currais eleitorais. Teria Michel Temer, deus no coração?
Mapeamos os números do ateísmo no mundo, do Vietnã à Itália. A escolaridade influencia? Há maior taxa de depressão e suicídios entre ateus? E mais: os cientistas acreditam em Deus?! E também: O Supremo Tribunal Judiciário ainda bate cabeça, mas como será o ensino religioso nas escolas? Deve existir?! Queremos te ouvir ouvinte!

O BSC Podcast recebe um dos maiores sucessos recentes do humor nacional, Gustavo Mendes, polêmico, sagaz, humilde, e também um cuz**.
Gustavo Mendes conta sua história, desde o passado remoto em que era pastor mirim nos confins do Brasil, até sua ascensão meteórica nacional encarnando a diva ex-presidenta Dilma Rousseff. Uma trajetória cheia de invejas, rancores e intrigas, deste rapaz do interior de Minas fadado ao sucesso e que viria para escrever seu nome nas estrelas. Gustavo Mendes sonha longe e conhece todo mundo.
Homem de sucesso local, Gustavo explodiu com os primeiros vídeos trajado de Dilma Rousseff, de lá até cá, já passou por tudo, publicado por Kibe Louco, último amigo do Felipe Neto, parça do Jacaré Banguela, esteve no Show de Tom, Casseta & Planeta Vai Fundo, Zorra Total, Agora é Tarde… Já esteve nas 4 grandes redes de TV aberta, e hoje no Multishow, é sucesso absoluto com as suas séries Treme-Treme e Xilindró, berço de inúmeros humoristas e com novas temporadas garantidas!
Gustavo revela as minúcias de sua vida, histórias delicadas nunca antes contadas, fatos esclarecidos. Jovem e com reconhecimento nacional, teve que lidar com o sucesso, admitiu erros, rancores, mas ainda é um homem que sabe apontar o dedo e escolher um lado. Como foi ser disputado simultaneamente por Globo, SBT e Bandeirantes?! A resenha teatral que recebeu de Nelson Motta, e também, a amizade e os ensinamentos dos grande mestres da TV.
E ainda: Gritos! Polêmicas e ofensas… Ninguém nunca gritou tanto nesse estúdio. Gustavo Mendes morde, assopra, bate, rebate, pinta, borda, e também pratica Fatality nos membros do BSC. Já quis que alguém colocasse Raoni Nicolai em seu lugar? É hoje! Até a presidenta teve que dar o seu recado… E Heitor Okimura, coitado, em sua sina oriental passiva-ativa, atrai o ódio e o amor, um alvo em potencial.

Não há nada que perturbe mais uma pessoa honesta do que uma lição de casa, e se você não for “realmente” uma pessoa e for apenas uma criança, a coisa é pior ainda, muito pior!
Por um lado você tem: a vida, a alegria, o videogame, desenhos animados, a liberdade, do outro: lição, obrigação. Como gerir tudo isso?! Você conciliar obrigações com o seu crescimento desordenado?! Fazer a lição primeiro e depois o lazer, ou brincar até o limite e fazer a lição em tempo recorde no último segundo? Os membros do BSC discordaram entre si.
Você cresce e cada vez fica pior, cada vez mais você fica espalhado, cada vez mais você dá margem ao erro, cola, deixa pra última hora, faz na sala. Os desafios de se estudar em um colégio de freiras e de uma escola pública, os dois lados opostos da moeda. Saiba as muitas estratégias para enganar seu professor, um podcast para você se identificar ou então tomar algumas dicas daqueles que foram os reis do crime infantil.
Apresentações em grupo: você era do tipo que fazia tudo, do tipo que apresentava tudo, ou do tipo que dava migué em tudo?! Norminha não só era nerd, como era ostensivo, e é ainda hoje, na pós graduação, o mesmo esnobe que era quando menino.
E ainda: a falta de internet no meio rural dificulta o aprendizado dos estudantes do campo, e outras notícias que o Heitor pega com desdém ao ouvinte.

Scroll to top