O BSC Podcast recebe um dos maiores sucessos recentes do humor nacional, Gustavo Mendes, polêmico, sagaz, humilde, e também um cuz**.
Gustavo Mendes conta sua história, desde o passado remoto em que era pastor mirim nos confins do Brasil, até sua ascensão meteórica nacional encarnando a diva ex-presidenta Dilma Rousseff. Uma trajetória cheia de invejas, rancores e intrigas, deste rapaz do interior de Minas fadado ao sucesso e que viria para escrever seu nome nas estrelas. Gustavo Mendes sonha longe e conhece todo mundo.
Homem de sucesso local, Gustavo explodiu com os primeiros vídeos trajado de Dilma Rousseff, de lá até cá, já passou por tudo, publicado por Kibe Louco, último amigo do Felipe Neto, parça do Jacaré Banguela, esteve no Show de Tom, Casseta & Planeta Vai Fundo, Zorra Total, Agora é Tarde… Já esteve nas 4 grandes redes de TV aberta, e hoje no Multishow, é sucesso absoluto com as suas séries Treme-Treme e Xilindró, berço de inúmeros humoristas e com novas temporadas garantidas!
Gustavo revela as minúcias de sua vida, histórias delicadas nunca antes contadas, fatos esclarecidos. Jovem e com reconhecimento nacional, teve que lidar com o sucesso, admitiu erros, rancores, mas ainda é um homem que sabe apontar o dedo e escolher um lado. Como foi ser disputado simultaneamente por Globo, SBT e Bandeirantes?! A resenha teatral que recebeu de Nelson Motta, e também, a amizade e os ensinamentos dos grande mestres da TV.
E ainda: Gritos! Polêmicas e ofensas… Ninguém nunca gritou tanto nesse estúdio. Gustavo Mendes morde, assopra, bate, rebate, pinta, borda, e também pratica Fatality nos membros do BSC. Já quis que alguém colocasse Raoni Nicolai em seu lugar? É hoje! Até a presidenta teve que dar o seu recado… E Heitor Okimura, coitado, em sua sina oriental passiva-ativa, atrai o ódio e o amor, um alvo em potencial.

O BSC podcast recebe um convidado inesperado, Daniel Pinheiro, roteirista e humorista standuper, e ele vem do jeito que o ouvinte gosta, cheio de experiência e sem papas na língua.
Daniel está bravo com a situação da sua pátria amada Guarulhos e meteu a boca no trombone da política sem medo dos coroné, em seu exílio, vivenciou na Espanha a primeira crise do euro, uma experiência para brasileiros… Um povo a beira da mingua, mas que nem por isso perdeu a conquista trabalhista de la siesta. Como é possível estar no sistema capitalista e viabilizar a soneca?!
Durante muito tempo, Daniel esteve naquela que foi outrora a TV que mais crescia no Brasil. A hoje TV mais estagnada do Brasil RedeTV! Lá vivenciou o joio e o trigo, confundiu os dois. Como eram os esporros de João Kléber nos bastidores?! O infarto não fulminante de Gilberto Barros “Água no Gilberto!” E a vida como roteirista dos programas de Luciana Gimenez, a eterna rival do BSC no quesito convidados. Como preencher as mais vazias entrevistas da história?
E ainda: As 3 vezes de Daniel Pinheiro com Andressa Urach. A mulher mais intensa do Brasil em seu momentos mais antológicos. Como a redação recebeu a notícia da infecção de hidrogel de Andressa, uma mulher a beira da morte na enfermaria. E ainda: A verdade por trás da desdenhada de Cristiano Ronaldo a eterna vice miss bumbum.
Daniel explodiu e não quer mais emprego! Ainda criticou a “Game of Thrones brasileira”, a novela medieval de surfista, Salve o Rei, e não perdoou nem Bruna Marquezine. Daniel só deu um aceno gentil mesmo a nossa diva, a ex-BSC Priscila Castello Branco. Incontrolável ele ainda meteu na eterna vítima Geisy Arruda, e enfim, já cansado de tanto acidez e recalque, Raoni Nicolai veio em defesa da musa com uma comparação que entrou para os anais reconstituídos da medicina.
Um programa bomba! Porque a TV aberta é um cara***!

É uma longa estrada… Mais de 270 programas, mais de 300 horas de podcast. Um mito e um marco, um dos podcasts mais antigos em pleníssima atividade, um dos podcasts de humor mais influentes do Brasil, quiçá o mais influente da parte ruim do continente. É dia de celebração, é dia de festa, porque o BSC completa 6 anos!!
É muita história, é muita jornada. E após inúmeros pedidos, o filho pródigo volta a casa. Dier Marinho, o Bobo que debandou e inclusive foi simbolicamente morto em cerimônia desrespeitosa, retorna para uma participação cheia de nostalgia após mais de 70 programas de sua saída.
Na mesa os 5 membros originais atualizam a vida. Como estão todos afinal?! Uma vida passou e tudo mudou. O que Dier tem para nos contar?! Baixaria.
Open bullying! Era uma vez uma época de porradaria, para você que é Old Skool relembrar a sujeira que era o BSC em sua raiz, é muita intimidade entre esses amigos e nenhum respeito. Vai ter histórias ruins! Vai ter Entregação, Arquivo Confidencial e Quadros Clássicos Originais BSC para relembrar. Você patrão que pediu, tome!
O pior de Dier Marinho e Marcão Nascimento, as histórias mais indignas daqueles que não sabem se divertir. A intimidade como nunca, muitas rixas e alfinetadas, um programa de 90 minutos em versão estendida, cheio de detalhes que relembram a nossa história.
E Heitor Okimura tem salvação!? O antes herói e agora cansado algoz cambaleia para se manter em pé na vida, criticado e contestado sugere-se o pior. Mais um membro sairá do BSC?! Um podcast para aqueles que caminham conosco vibrarem!
Salve BSC! Novos tempos sempre vêm e uma nova era surge no amanhã! Obrigado aos ouvintes que ficam, obrigado aos que foram, obrigado aos que virão! Só estamos começando…

Esse episódio é ostentação. A prova cabal que o BSC fala de QUALQUER COISA! E que baita propriedade…
De um lado Thiago Zap, formado recreador, habitué das piscinas de Porto Seguro; do outro, Octávio Rogens, mestre em brasilidades, marchinhas e histórias chatas, e no meio ainda, todo mundo, mais (PLUS) Alysson Lima. Ele rebola que nem o Jacaré e por isso está aqui. Baita currículo.
Alysson Lima, hoje humorista standuper e Mc das Noites Paulistanas foi outrora membro da “Rapaziada” do grupo Adryana e a Rapaziada… Sim, aqueles caras que pareciam que iam estuprar a moça loira ao som melódico de belos vocais. Passamos por sua carreira de backstages de Domingo Legal enquanto desbravamos o mundo da música, o Axé Bahia, esse estilo musical cheio de flashbacks. Estamos baixo, estamos fundo.
Eles sabem todas as músicas! As variantes, os subgêneros, quem é quem, veio da onde, saiu porquê? E mais: Pessoas Sucesso, Casais Maravilhosos, Carla Perez e Xanddynho. Como a Loira Burra chegou onde nenhuma dançarina jamais chegou?! Saiba porquê o Axé esta seguindo a moda dos pagodeiros 90. E ainda: uma dança coringa para bailar qualquer coisa baiana, pode ser a Corda do Caranguejo, o Carlinhos Brown e a maldita da água mineral, Rebolation ou até Daniela Mercury. Forçamos, é claro.

Hoje é papo sério… Se você é desprovido de beleza sabe muito bem que o mundo não possui nada de justo.
Afinal é uma vida inteira convivendo com estigmas, dificuldades, um universo belo e colorido que não quer transar com você… Bom, sempre aparece uns loucos, mas aí você já tem mais de 20 anos e já aprendeu a compensar sua triste lataria com uma personalidade carismática, exatamente como Marcão Nascimento e sua carcaça cansada.
Mas antes disso a vida é difícil, é na escola que a sociedade vai te encostando e você vai percebendo o seu lugar. Um dia você se dá conta que jamais alcançará seu sonho de ser a rainha do baile e sua mãe, tudo o que ela diz é mentira… Quem sabe ano que vem você até consiga fazer um amigo. É um programa carregado de tristezas que farão você sorrir e identificar a crueldade do mundo e também em sua face.
Se não bastasse o buffet de feiura a la Carte do BSC podcast ainda trouxemos um especialista da mais alta estirpe, um dos humoristas mais feios do Brasil, o mais horrível desde Adamastor Pitaco, Tiago Carvalho, do grupo 4 Amigos de Stand up. Ele veio dar aquele toque de exagero exagerado, o que já estava ruim, podia ficar muito pior.
E ainda: os traumas de Heitor Okimura, um menino diferente de olhos puxados, e a crueldade de Norminha, este parece que não se enxerga…
Programa dedicado a todos os caralíticos deste mundão!

Scroll to top