[iframe style=”border:none” src=”//html5-player.libsyn.com/embed/episode/id/6728600/height/100/width/480/thumbnail/no/render-playlist/no/theme/custom/tdest_id/739374/custom-color/#87A93A” height=”100″ width=”480″ scrolling=”no” allowfullscreen webkitallowfullscreen mozallowfullscreen oallowfullscreen msallowfullscreen]

É na infância que a febre pega, não importa o que seja, com certeza você já colecionou muitas coisas em sua vida.

São as famigeradas figurinhas, moda epidêmica em anos de Copa, que dominam as coleções. Mas são muitos os temas das autocolantes, para muito além do futebol, Mamonas Assassinas, Mortal Kombat e até Gigantes dos Ringues, são algumas das melhores ou piores coleções dos membros do BSC. Você também colecionou um álbum escroto?! Daqueles que você nunca completava, mas que te dava um ferro de passar de presente?

O BSC analisa as falhas e o servicinho do álbum da Copa Rússia 2018, será que a monopolista Panini não poderia fazer melhor? A gourmetização chegou às figurinhas, será que os pais marmanjos destroem essa brincadeira raiz?!
Algumas coleções ficaram na história, quem não se lembra das coleções da Coca-Cola, já teve ioiô, bolinhas, caminhãozinhos, e como esquecer os Minicraques Coca-Cola? E as infinitas coleções do Mc Donalds, você ainda come Mc Lanche Feliz, sério?!

Tazos, a febre de uma geração que veio para enriquecer a indústria de salgadinhos. Como eram as coleções criativas, brincáveis e ostentáveis com muitos acessórios? O início do vício em jogos e o descontrole… Bater figurinhas, “bafo”, Mega Tazos. Apostas inevitáveis podiam facilitar coleções ou ainda acabar com álbuns. E tem mais: Go go’s, Kinder Ovos, fascículos da editora Planeta.

Adultos também colecionam, e não só de coleções planejadas se fazem as coleções. Alguns colecionam carros, outros galinhas, outros tampinhas de garrafa, e você? E mais: a coleção bizarra de Thiago Zap que é um estudo socioeconômico das pizzas paulistanas, e ainda: Marcão Nascimento coleciona bolachas, duvida?! Coisa de gordinho.

Check out this episode!

Vamos falar de futebol só por que começou a Copa do mundo de Futebol? Não. Vamos falar de algo completamente diferente, vamos falar de estádios!
Os estádios da vida, os estádios de várzea, os estádios dos tiroteios, da porradaria, nada de padrão Fifa! Padrão brasilis série D do campeonato regional nordestino. Credo!
E nessa pegada off road temos Juliano Gaspar, um catarinense entendido em campeonatos feios, ele é torcedor fanático do Figueirense e suas experiências em estádios envolvem muitos derbies lado B. Você apanharia para defender um time série C?
Um estádio é igual o castelo de Hogwarts, têm muitos segredos e só quem sabe é que sabe, por isso visitante sofre e o mandante abusa.
O que é melhor, ver um jogo no estádio ou na TV? Saiba quantificar seu prazer! Vale a pena tanto sacrifício para ver um clássico? E um Argélia e Rússia? Norminha indica: As melhores refeições para cada situação.
E não se esqueça de entrar no Bolão da Copa do BSC. Ouça o programa e saiba como participar. Lembrando que o Bolão mudou de nome e agora não possui nome algum… Bora espancar o Heitor e deitar no Thiago Zap?

Têm coisas que ninguém faz como a gente. Cristiano Ronaldo por exemplo é o melhor jogador de futebol do mundo, Guga foi o melhor tenista do mundo e Norminha é o melhor ultraprocessador de alimentos ultraprocessados do mundo. Cada um com a sua habilidade, cada um na sua área, cada um com o seu reconhecimento, todos únicos. Os melhores dos melhores do mundo.
Quais são as suas habilidades secretas? Saiba o que os integrantes do BSC sabem fazer como ninguém. É uma pena que nem tudo seja um esporte olímpico. Correr, pular, por que não arrotar? Pode ser qualquer coisa!
Você teve azar da sua maior habilidade de todas ser insignificante? Seu maior dom é inútil, pouco ou ninguém sabe? Acalme-se, em algum lugar isso poderá ter serventia. Nem tudo merece um Guinness Book ou um Oscar da academia, mas você pode ganhar 200 reais em um Show de Calouro.
Prepare-se, faça aquecimento, porque mesmo treinados teve gente tendo cãibra durante a gravação, cãibra na bochecha de rir do próximo.
Por que Octávio Rogens só faz coisas estranhas?! Por que as unhas do Heitor crescem tanto? Da vanglorização de skills até o Freak Show.

Scroll to top