Convenções sociais são um saco, mas elas estão aí desde que o mundo estava no saco de alguém, ainda para nascer.
Educação, respeito e blablablás, você pode escolher encarar as convenções ou driblá-las, mas necessita estratégia. Como fazer convites selecionados e barrar indevidos em suas festas? Muita gente pode se ofender… É na hora que se casa que a gente sabe quem nos ama.
Como fazer grandes eventos internacionais em sua casa, mas evitar os vizinhos?! Como fazer uma ceia de Natal sem os parentes não queridos?! Como selecionar apenas o joio social do amuado trigo do dia a dia, para cada evento específico? Vale a pena chamar os coitados só para fazer número?
Amaury Júnior que o diga, festa boa tem que ter penetra! E de que lado da porta dessa festa você está?! Jogar de Counter-terrorist é muito diferente de jogar de Terrorist. É para segurar a muralha de Rohan ou é para invadir e saquear os elfos playboy?!
São histórias de crianças sem limites, sem pudor; muitas ofensas para gente do bem, e incríveis devaneios nesse podcast bagunçado de complexas pautas.
Brigas internas, BSC lavando roupa suja ao vivo! Graças a Deus Heitor Okimura não veio, enfim um programa sem prejuízo. Vai pra geladeira! E Gui Preto (OFFICIAL) mais uma vez tenta agradar, mas ele não sabe nem o nome dos integrantes, pode isso produção?!
Abraço especial para quem agora acompanha o BSC no Deezer! Estamos em tudo, espalhe a palavra!

É uma longa estrada… Mais de 270 programas, mais de 300 horas de podcast. Um mito e um marco, um dos podcasts mais antigos em pleníssima atividade, um dos podcasts de humor mais influentes do Brasil, quiçá o mais influente da parte ruim do continente. É dia de celebração, é dia de festa, porque o BSC completa 6 anos!!
É muita história, é muita jornada. E após inúmeros pedidos, o filho pródigo volta a casa. Dier Marinho, o Bobo que debandou e inclusive foi simbolicamente morto em cerimônia desrespeitosa, retorna para uma participação cheia de nostalgia após mais de 70 programas de sua saída.
Na mesa os 5 membros originais atualizam a vida. Como estão todos afinal?! Uma vida passou e tudo mudou. O que Dier tem para nos contar?! Baixaria.
Open bullying! Era uma vez uma época de porradaria, para você que é Old Skool relembrar a sujeira que era o BSC em sua raiz, é muita intimidade entre esses amigos e nenhum respeito. Vai ter histórias ruins! Vai ter Entregação, Arquivo Confidencial e Quadros Clássicos Originais BSC para relembrar. Você patrão que pediu, tome!
O pior de Dier Marinho e Marcão Nascimento, as histórias mais indignas daqueles que não sabem se divertir. A intimidade como nunca, muitas rixas e alfinetadas, um programa de 90 minutos em versão estendida, cheio de detalhes que relembram a nossa história.
E Heitor Okimura tem salvação!? O antes herói e agora cansado algoz cambaleia para se manter em pé na vida, criticado e contestado sugere-se o pior. Mais um membro sairá do BSC?! Um podcast para aqueles que caminham conosco vibrarem!
Salve BSC! Novos tempos sempre vêm e uma nova era surge no amanhã! Obrigado aos ouvintes que ficam, obrigado aos que foram, obrigado aos que virão! Só estamos começando…

É melhor prevenir do que remediar. Mas quem vai no médico? Quem come bem? Quem faz exercícios físicos?
Como pessoas de saúde debilitada os membros do BSC têm experiência. Octávio Rogens é doente, vai no médico a cada 15 dias e começou a fazer o exame do toque aos 13 anos, com razões preventivas. Marcão segue na linha tênue da vida, mas sua vida sempre segue por um fio enxugando gelo, nada é preventivo com Marcos Paulo Nascimento. Já Norminha gosta de estudos e estatísticas, dados cardíacos são mais importante do que o seu consumo em calorias e ele acompanha de perto os adventos tecnológicos da saúde, não perde um ultrassom ou máquina de tomografia nova, ele é a tia do plano de saúde premium.
A visita ao médico. Como eles tratam os pestilentos civis. A indiferença versus o excesso de atenção. Como confiar que seu médico não é um abusador Doutor  Abdelmassih?
E por que homens não se cuidam? Por que homens não vão ao médico? Desafios para uma saúde do futuro para marmajos medrosos.
E mais: um dia se masturbando no copinho. As experiências de um exame espermograma na salinha em que todos fazem, fizeram, e farão espermograma, qual é o limite da dignidade no cumprimento de seu dever?
Mais uma participação de Juliano Gaspar, humorista barriga-verde, deixando aquele programa pesado em alto nível. É muita parte baixa, é muita escatologia, é muita geleca e partes mole, graças a deus…
E Heitor Okimura se supera ainda mais nas piadas. Mas adianta Heitor?! O povo pede aposentadoria.

Não importa quem você seja… Uma socialite de carteira cheia ou mesmo um bruto homem porco, dono de funilaria, com posters da Cláudia Ohana nas paredes e as calças cheias de óleo. Um dia você vai ter que decorar.
Você sabe que aquela pocilga se encherá de graxa tão rápido quanto possível, mas você vai ter que escolher as louças do banheiro, você vai ter que combinar com os azulejos, vai colocar assim, qualquer cor? E o rejunte?! O mais barato? E o piso? Vai colocar o azulejo no chão mesmo, ou melhor, o piso na parede?! Aquele maravilhoso estilo “banheiro de posto de conveniência”. Industrial, credo!
Você vai ter que comprar uns móveis, eles vão durar, melhor pensar… Umas cadeiras, algo pra empilhar, quem sabe uma bacia bem grande onde seus 5 cães Fila irão comer. Mas de que cor?! A mais barata de novo?! Nada está cabendo no seu apertamento de 40m², vai ter que dispor esse móveis ali pra caber tudo. Sim, você está decorando. Você é um designer de interiores!
E na era atual existem muitas opções de qualquer coisa. Qualquer tipo de cor, em qualquer tipo de textura, em qualquer material. Até os gabinetes de PC têm LEDs e frufrus, para quê?! Só porque têm rodinhas se acha o Fast and Furious, aquele i5 meia boca ostensivo…
Decorações de Motéis: um desafio etimológico ao bom senso. Obras de artes com materiais inapropriados e anti higiênicos. O BSC termina sempre no Motel… Saiba o que Marcão Nascimento faz nas quatro paredes de um quarto e pasmem com quem… E ainda: Os defeitos da mansão erguida de Norminha. Os adventos tecnológicos fazem os banheiros progredirem ou regredirem, afinal? Um debate sobre os exaustores levando os maus ventos, versos, a importância das janelas.
Programa para você que folheia a Casa e Construção no banheiro das visitas, pensando: podia ter umas piadas do Chico Bento aqui. E ainda: Heitor Okimura é odiado pelos ouvintes! A pedra que nos segura, enfim a justiça será feita.

Scroll to top