BSC

Dez respostas para quem está endividado – Retire seu nome do Serasa, SPC.

"Imagine que dinheiro é como papel higiênico e serás Feliz!" Homem do Séc. XXII

* Caro leitor: Siga as dicas do UOL, não as nossas! A intenção aqui é apenas fazer uma brincadeira, não que você deixe de pagar as contas! Não nos responsabilizamos se você deixar seu nome sujo, for preso ou abduzido por ETs cobradores 😉

Amigos leitores, vocês que sempre me acompanham, aqui escrevo. Desta vez, não venho falar mal de nenhuma ilustre celebridade, venho fazer uma paródia com a reportagem homônima do portal UOL.

São 10 perguntas e respostas pra você! Óbvio que é pra você! E sou eu também e somos todos nós! Dívidas, quem não as tem? Já dizia o velho chinês “Quem não tem dívida, não vive!” E como aposto que somos todos muito vividos aqui, lá vão elas:

1) O que acontece com quem está endividado?
Nosso desaconselho: Nada, fica endividado meu amigo. Não acontece nada, eu estou endividado há 3 anos e nada me aconteceu, muito pelo contrário. Só obtive experiência “dí vidas”. Viagei, gastei, peguei emprestado quando faltou. O importante é focalizar em se endividar com bens não duráveis, somente com viagens ou algo comestível. A dica 1 é:  não se endivide com o que eles podem tomar de você.

2) Posso ter todos os meus bens penhorados para pagar minhas dívidas?
Nosso desaconselho: Poder pode, mas não recomendo. Deve-se sempre ter alguma dívida para manter o nome na boca do povo/sapo. E se você for um endividado com estudo, seguiu a dica 1, verá que não há motivo algum pra sanar sua dívida. A dica 2: Não pague suas dívidas antes de 2 anos: os juros caem, e a dívida que era 10.000 reais, torna-se 8.000 reais.


3) Vale a pena entrar com ação para rever a dívida?
Nosso desaconselho: Os atuais economistas vivem dando dicas erradas para os endividados. Essa pergunta torna-se desnecessária quando se atenta para a dica 2.

4) Como é possível calcular o valor correto da dívida?
Nosso desaconselho: Basta ver o quanto gastaria se pagasse corretamente no prazo. Sua viagem custará 8.000 reais, mas como você é um endividado com o banco, este lhe cobra 3 meses depois, 9.000 reais. O valor da dívida está errado. Neste exemplo, seguindo as dicas, o valor correto é 7.000 reais. Aguarde 2 anos e verá.

5) Estou endividado no cheque especial e o banco me mandou assinar uma confissão de dívida. Devo assinar?
Nosso desaconselho: Essa dívida é especial, trate-a com carinho. Não negue essa dívida, assine a confissão e grite pro mundo todo te ouvir!

6) Financiei o carro e não consigo mais pagar? Posso devolver para o banco?
Nosso desaconselho: Isso não é dívida ainda e devolver para o banco está fora de questão. Nesse caso, você entrou em uma dívida que não deveria. Agora use ao máximo o automóvel, troque peças, aprenda a dirigir defensivamente, aprenda aquele cavalo de pau que seu amigo sempre fez com aquele Chevette 82! Vá e volte pro outro extremo do país, ponha uma placa “Faz-se carreto agressivamente!”, empreste o carro pros filhos, faça do carro sua privada! E depois arrume outro endividado para comprar seu ilustre automóvel.

7) Se eu não conseguir pagar e o carro for a leilão, o que acontece?
Nosso desaconselho: Se seguiu os passos na pergunta 6 você verá que não se faz nada. Deixe algum otário pagar. Mas vá ao leilão, com uma nova dívida em mãos. Se o valor atingido for muito pouco, use esta dívida neném e compre o carro novamente! É seu! Parabéns!

8 ) Se eu morrer, meus herdeiros terão de pagar pelas dívidas?
Nosso desaconselho: E pelo seus pecados também, inteligência rara! Se nem você vai pagar suas dívidas, seus herdeiros que não irão, relaxa que o leite das crianças está garantido. Suponho que você não deveria ter herdeiros com tantas dívidas, mas, eu só falo de economia!

9) Tenho uma dívida que já prescreveu, mas continuam me cobrando. O que posso fazer?
Nosso desaconselho: <off> O que é “precreveu”? </off>. Isso é padrão, para todas as cobranças que te fizerem. Ignore-as. As que você pagou (usou mal as dicas) e ainda te cobram, ignore também, faça disto um hábito em sua vida!

10) Ainda não estou com o nome sujo, mas estou com dificuldades de pagar as dívidas. Será que é o momento de renegociar?
Nosso desaconselho:  Imagina… espere sujar, não adianta renegociar, nãovai mudar muita coisa. E se o seu nome ficar sujo, fale com o Podcats, nós temos métodos seguros que retiram nome do SERASA, SPC, correntes de e-mail e afins… mas não vamos fazer nada além de rir!

GOSTOU DESTE ARTIGO?

 

Scroll to top