Categoria: Comportamento Humor

 

prefeitoChuck Norris, ícone pop de 11 entre 10 desmiolados, encontrou em Braddock – seu personagem do filme Braddock, o Super Comando – um reconhecimento ímpar, expondo ao mundo o seu famoso ROUNDHOUSE KICK. Na verdade, Braddock nada mais é do que um Rambo genérico feito dois anos atrasado para poder extrair uns trocados da galera.

 Mas se você pensa que este post irá tratar do ídolo(?!?!?!?!?!) Chuck Norris, está totalmente enganado.

Braddock é uma cidadezinha da Pensilvânia, nos Estados Unidos, que tem cerca de 3000 habitantes, dos quais apenas 20% são politicamente ativos; e que nesta semana teve seu prefeito John Fetterman reeleito. E EU COM ISSO???

A grande sacada, nesta história são as peripécias do prefeito com cara de Bad Boy. Miguxo Moderninho, é querido entre os jovens da comunidade por suas atitudes rebeldes (não, não aqueles Rebeldes do SBT).

Para muitos o que seria pura falta do que fazer, causa o furor da “galera” de Braddock – TUTUAGENS, mas não são tatuagens comuns. Num braço, o prefeito tem tatuados os CEPs da cidade de Braddock (PQP!!!! Que coisa inútil) e no outro, as datas dos homicídios ocorridos durante sua gestão – Ah, tá… Agora faltou papel para registrar o B.O. e a moda é “inserir” os dados de crimes no corpo?!?!? O prefeito virou arquivo criminal ambulante…

Além destas atitudes superjovens, o prefeito serelepe é reconhecido por seu jeito diferente de governar, e seus projetos nada convencionais. Um deles foi de transformar os terrenos baldios da cidade em fazendas urbanas – dá para imaginar que lindo o galo cantando e as vaquinhas pastando no meio da cidade?– para a produção de alimentos já que a cidade inteira conta com apenas 2 lojas, e nenhuma delas especializada em alimentos.

 Não é um “fofo”??? Cara de mal, tatuagens “maneiras” nos braços e uma brasileira, sua esposa, a tira-colo… Com um prefeito assim, pela segunda vez, quem precisa de Chuck Norris?

 Fonte: TERRA

 

 

 

sol1

Sem entrar em meios científicos para explicar a existência do Sol. Me aterei somente ao que interessa, não estou nem aí pra quem diz que ele é necessário, e também, se ele realmente for, F… Rapá! Por que meu objetivo de vida a partir de hoje será acabar com com a existência desse menino “The Sun”, sendo assim, listarei aqui algumas maneiras que serão postas em prática por mim ao longo de minha vida:

1- Bom, primeiramente a solução mais obvia, vou apagar o Sol. Isso mesmo! Como? Com água oras, assim tudo ficaria mais “forevis”!

2- Se apagar o Sol não der certo, o que eu duvido muito! Tentarei então afastar a terra dele! E de novo surge a questão: mas como?
Essa é mais fácil ainda, mandarei todos os japoneses (ou chineses não lembro bem) pularem ao mesmo tempo e varias vezes, até tirar a terra da órbita, onde não possamos mais ver o tão
temido Sol, ou ao menos não recebamos mais seu calor. Perfeito não?

3- Mesmo sabendo que essa solução não será necessária, pois é impossível que a 1 e a 2 deêm errado, tenho que ter um plano reserva, e esse é de mestre!
Vem então a idéia, por que não o substitui-lo? Claro, brilhante, mas pelo que?
hummmmmm …….. pensando, pensando, pensado… já sei!

– Seu Deus.
– É, você mesmo ai, acorda rapá.
– Manda tirar lá o sol que eu vou colocar outra coisa no lugar.

– Menino, me deixa em paz, 2000 anos dormindo e você me acorda para isso, dá logo aqui o que você quer que eu ponha.

– Dá um tempinho ai que já volto com o substituto do Sol.

Só que tem um grande problema, o que poderia ser essa outra coisa ?! Alguma sugestão por favor?! Deixem um comentário quem puder ajudar, mas rápido, andem logo por que Deus tá esperando!

post_asciiUm dia estava eu sem fazer nada no trabalho, o que é quase uma constante, e um de meus companheiros de trabalho me chamou para ver algo no computador dele. Logo pensei – “Que saco, já vai querer que eu ajude em algum trabalho”. Para o meu alívio, ele veio me mostrar um programa de vídeo que havia baixado e colocou um vídeo pornô somente para ilustrar o funcionamento do programa, dizendo que ele rodava vários tipos de arquivos, e eu disse – “E dai?!”. Foi então que a mágica se fez…

Em uma pequena busca pela internet, você pode encontrar vários sites que com qualquer imagem enviada faz a transformação para desenhos feitos por caracteres, as imagens ficam incrivelmente boas, levando em conta como são formadas. (Veja exemplo aqui)

Mas isso é algo comum, já muito difundido, o que meu amigo veio mostrar era algo novo, ao menos para mim. Um player de vídeo que transforma as imagens em ACSII, ou seja, você pode assistir todos os seus vídeos com imagens formadas desta forma. O player é open source e é um projeto da VideoLan, seu nome é VLC media player para baixa-lo gratuitamente basta clicar aqui. Claro que a utilidade disso é praticamente nula porém, é mais uma ferramenta daquelas que vale mostrar para os amigos no trabalho.

Scroll to top