Ê vida de homem

 

Estive presente no mais recente caos nas linhas de metrô de São Paulo. Houve uma “falha técnica” na estação Palmeiras Barra Funda, e os trens andaram com velocidade reduzida por um bom tempo. Devido às baldeações, o problema estendeu-se para as linhas amarela, verde e azul. Para ajudar, o problema ocorreu às 16h30, e o pagode foi se armando de um jeito absurdo.

Eu cheguei na República nesse exato horário e posso dizer: os caboclo ficam chucro! Tem 475 pessoas tentando ficar na porta de cada vagão, tem os minino lá atrás querendo sair, nego entrando em todas as estações. Fui praticamente estuprado e sai, INVOLUNTARIAMENTE, na Sé. Eu queria ir pro Tatuapé! Nessa situação, a criança chora e a mãe não vê, porque está chorando também e desceu sem querer na última estação.

Como eu nunca vi ou soube de alguma vaca empurrando a outra do caminhão antes da fazenda certa, eu penso…”Ê vida de homem”.

Scroll to top