Datas Especiais,
77 MIN

BSC#309 – Eleições 2018: Nem melhor, nem pior… apenas diferente!

outubro 18, 2018

Nada divide o Brasil mais do que as eleições. Você já brigou com seus amigos, com a sua família, com a sua namorada. Não há lugar que você consiga ir sem estar preparado para encarar a polarização, a estigmatização, os ânimos aflorados, as facadas…

Essas eleições até fizeram a gente esquecer que eleição boa mesmo é uma palhaçada. E palhaçada por palhaçada, entra partido, sai partido, entra e sai deputado, a bancada dos palhaços continua firme e forte. Há quem diga que crescendo.

Fizemos uma análise levemente anárquica do panorama pós primeiro turno. Não importa em quem você vota, quem você gosta, estamos aqui pra falar dos perdedores! Tá cheio, alguns célebres.

Deputados, governadores, presidentes, Eymael, o herói da DC, índia Guajajara, mulher, índia, heroína da tapa. O xarope do Daciolo bateu a esvaziada Marina Silva, que perdeu até do ibope da RedeTV! Faz sentido?!

Com a história recente do Brasil, por que voltamos ao erro de nos orgulhar de quem votamos?! Defendemos o indefensável, votamos no menos pior, fazemos questão de sermos currados só por quem escolhermos! Não pode ser outro… O futebol já ensinou, brasileiro não sabe perder.

E agora? Como será o segundo turno? Como será o futuro governo, com quem, pra que, como?! As perspectivas daqueles que serão os próximos alvos das imitações e do humor… Política é engraçada porque é triste, e não poderia estar mais engraçado…

Scroll to top