Novamente, uma das frases escolhidas por nós traz à tona o mundo futebolístico. E uma diz respeito às penitenciárias, que vez ou outra acabam sendo o lar de jogadores de futebol. Para quem não viu ou não se importou, estas são as duas frases:

“Sou experiente, tenho que fazer gols para me manter aqui. Para mim jogar na seleção, no Fluminense é igual”, disse o atacante Fred sobre sua convocação para o jogo contra a Argentina.

“Uma vez identificada a linha, pode-se ir à cela e recolher fisicamente o aparelho”, afirmou o diretor-geral do Departamento Penitenciário Nacional acerca de um aparelho de rastreamento de celulares.

Pra gente entender melhor o que eles falaram, chamamos a Dona Marocas:

“Rapaz, eu sempre fui cansado e agora tó velho. Para mim jogar na seleção e no Fluminense é igual, cansa do mesmo jeito” , disse o atacante Fred sobre sua convocação para o jogo contra a Argentina.

“Eu vou fazer igualzinho os ladrão: roubar os celulares e vender pras mesmas pessoas depois”, afirmou o diretor-geral do Departamento Penitenciário Nacional acerca de um aparelho de rastreamento de celulares.

Um grande abraço e até a próxima!

O BSC#21 chega com uma pesquisa abalizada sobre o folclore brasileiro… só que ao contrário! Conheça os segredos mais profundos de personagens da Disney como Curupira, Saci Pererê, Boitatá e Mula Sem Cabeça!

Duração: 52 min | Download: baixar 37MB

Acompanhe os próximos programas e baixe os antigos:

 Apoio:

Scroll to top