Dicas do gastro-economista beer-blond-corona-girl-hot-Favim.com-157045

Publicado em janeiro 26th, 2013 | por Norman Novaes

1

As loiras mais gostosas do Brasil e do mundo!

lite181 As loiras mais gostosas do Brasil e do mundo!Atenção: Se você é menor de 18 anos estamos preparando um post com as melhores marcas de Tubaína de todos os tempos! Ou finja que não é com você e continue lendo icon wink As loiras mais gostosas do Brasil e do mundo! Caso contrário, conheça agora as cervejas campeãs no Brasil e no mundo!

Numa indústria que fabrica 133 bilhões de litros e gera uma receita de aproximadamente bilhões por ano, com certeza não é fácil se destacar. Além disso, como todos sabem, a marca que vende mais geralmente não é a melhor. Então como eleger, no meio de tantos tipos diferentes, as melhores cervejas?

Bom, pra isso fomos consultar o site ratebeer.com que promove anualmente um concurso com cerca de 91 mil cervejas de 8700 fabricantes para mostrar pra você quais são as marcas top no mercado “embriaguístico” nacional e internacional.

Rapidamente os critérios: Para comparar as cervejas do mundo todo, os diferentes tipos são divididos em categorias clássicas de acordo com sua similaridade (aqui nós simplificamos as categorias – mais informações no fim do post). Aroma, Aparência, Sabor e Paladar compõem a avaliação, com Aroma e Sabor tendo peso maior na nota final.

Ah! Se você achar esse papo todo muito requintado, somente para entendedores, nós temos uma surpresa no final do post!

SAMBA, SUOR E CERVEJA!

As melhores cervejas brasileiras não remetem a famosa frase “Samba, Suor e Cerveja”. Na verdade elas nem figuram nas categorias preferidas pela maioria dos nossos compatriotas. Das marcas mais populares aparecem Xingu, Boehmia e Kaiser Bock em 11º, 13º e 20º lugares no ranking, respectivamente.

#3 – Eisenbahn Vigorosa (Weizenbock) (garrafa número 2, acima): A Eisenbahn Weizenbock é uma refinada cerveja escura de trigo de alta fermentação. Por não ser filtrada, conserva no copo o fermento utilizado no processo de fabricação. Possui corpo intenso com notas de torrefação e um leve aroma de cravo e banana. Do tipo Ale, a Weizenbock é feita com seis tipos de malte, possui coloração avermelhada escura, baixo amargor e teor alcoólico de 8%. Nota: 3.48/5.00

#2 – Eisenbahn Lust (garrafa número 1, acima): A Cervejaria Sudbrack é responsável pela produção, além da Eisenbahn Vigorosa – mencionada acima – por colocar a cidade de Blumenau (SC) pela segunda vez no Top 3 brasileiro. A Eisenbahn Lust é a primeira cerveja do Brasil produzida pelo método champenoise. Depois da fermentação e maturação normal dentro da cervejaria, o líquido é enviado para uma vinícola, onde fica por três meses e passa pelo processo de produção de champanhes. Possui aroma frutado e paladar refrescante. Apresenta perlage fino e numeroso com espuma cremosa. Nota: 3.52/5.00

#1 – Baden Baden Red Ale Especial: É de Campos do Jordão (SP) que sai a melhor cerveja do país. De acordo com o estilo Double Red, a Baden Baden Red Ale possui uma coloração âmbar escura e nuances avermelhados. Seu aroma reune características tostadas, carameladas e toffes, além da intensa presença de lúpulo herbal. Encorpada e aveludada, apresenta elevado e persistente amargor. Para harmonização perfeita, deve ser acompanhada de pratos robustos e intensos, como carnes de porco e de caça e queijos azuis como Stilton e Gorgonzola. Nota: 3.53/5.00

CAMPEÃS MUNDIAIS

Aqui estão, na opinião dos avaliadores as 3 melhores cervejas do mundo:

#3 – Three Floyds Dark Lord Russian Imperial Stout (primeira garrafa da foto): Americana, feita em Munter, Indiana, leva na receita café Intelligentsia (basicamente um café premium americano), baunilha e uma mistura de melaços. É uma cerveja preta, do tipo Ale e curiosamente está disponível somente durante certa época do ano (aprox. abril).  Nota: 4.37/5.00

#2 – Westvleteren 12 (segunda garrafa): Cerveja belga, fabricada na cidade que lhe empresta o nome pela Westvleteren Abdij St. Sixtus. Sua receita é escondida a sete chaves e tem aromas de caramelo, frutas e chocolate. É também uma cerveja do tipo Ale, ultra-forte de coloração castanho escuro. Nota: 4.50/5.00

#1 – Närke Kaggen Stormaktsporter: É melhor você anotar o nome e pedir pela internet. Primeiro porque dificilmente vai achar a campeã dando sopa por aí, segundo porque a não ser que tenha um bom conhecimento de sueco, pode se complicar na hora de dizer o nome. É em Örero, na Suécia onde a Närke Kulturbryggeri faz arte ao fabricar esta cerveja, que é envelhecida em barris de carvalho por cerca de 2 meses e meio. Leva aroma de café, baunilha, chocolate e – caso a tradução não tenha me enganado – turfa! Nota: 4.51/5.00

NEM TUDO ESTÁ PERDIDO – AS MELHORES CERVEJAS DA SUA RUA!

Sabemos que nenhum churrascão com pagode, farofa e maionese vai combinar com as cervejas campeãs! É por isso que no nosso ranking temos AS MELHORES CERVEJAS DA SUA RUA! Sim! Aquelas marcas que vão chegar mais perto da sua geladeira nos domingos de futebol, quando o homem-escorpião que é seu amigo atender o famoso “traz uma caixa e tá tudo certo”.

Bavaria Sem Álcool: A cerveja do seu pai no fim de semana! A cerveja do marido que chegava bêbado e batia na mulher! A cerveja do taxista na hora do almoço! Uma Bavaria Sem Álcool é… uma Bavária sem Álcool! Crianças, mulheres, todos podem tomar! (Até pelo gosto de água com gás). Tudo isso por R$ 1,55 a latinha icon wink As loiras mais gostosas do Brasil e do mundo!

Itaipava: Me diz se existe uma cerveja mais simpática que a Itaipava? Amiga de todos os churrasqueiros, ela é famosa por se mander digna mesmo passando por métodos precários de congelamento (o famoso sal-grosso-com-gelo-e-água-no-tanque-de-lavar-roupas) e higienização, tudo isso graças a sacada do papel-alumínio-cobrindo-a-tampa! Mais barata que as outras “populares” esta é a cerveja oficial dos churrasqueiros de carteirinha! 350mls desta belezura pela pechincha de R$ 1,05!!!

Cintra: Uma vez no mercado, com um amigo meu, após comprarmos algumas garrafas de Vodka (da boa! :P) e Whisky (“Tarja-preta”) me propus a comprar a cerveja mais barata do mercado. Claro que não consegui tomar a latinha toda. Mas fica aqui a recomendação pela cerveja que tem Dudu Nobre como garoto propaganda e o slogan “Por uma vida sem frescura” (quesito: Ironia … NOTA… DEZ) . Não achei o preço atualizado, mas pelo que me lembro…. R$ 0,57 centavos a latinha!

Deixe um comentário contando qual é sua cerveja preferida, se já experimentou alguma das campeãs ou tem alguma sugestão para “Melhor cerveja da sua rua”!!!

UPDATE: Após escrever este post descobri o www.brejas.com.br/ . Um site brasileiro, muito bom e com diversas informações e rankings de cervejas. Vale o clique!


Sobre o Autor

Cultua e venera todo tipo de coisa brega e tosca. Dono de uma mente poluída, resolveu expor sua vidinha medíocre e sem sal na internet com o simples objetivo de deixar seus pensamentos, conceitos e história para a posteridade.



  • Dieter – mestre cervejeiro

    É de arrepiar os cabelos o que estão fazendo com este belo produto de fermentação, produzido até hoje na Alemanha pela Reinheitsgebot ( lei da pureza ) criada em 1516, admitindo apenas água, malte, lúpulo e fermento em sua composição, adicionando-lhe tudo quanto são produtos estranhos, desvirtuando sua original natureza. O desejo de fabricar produtos com aromas de frutas, chocolate e outros, deveria resultar na criação de um novo produto – deixando a cerveja em paz e com suas características originais. Com certeza uma total falta de cultura e personalidade lamentável.

Voltar ao topo ↑