Datas Especiais,
65 MIN

BSC#244 – Festas Infantis, o Grande Momento

julho 21, 2017

Mãos grudentas, apego pelo açúcar, expectativas baixas e nariz escorrendo, todo mundo já foi criança um dia.
E a rotina de uma criança pode ser pior do que a vida de um empregado CLT… Desenho educativo, escola, brócolis com fígado, dia após dia, segunda, terça, domingo. O que o seus pais não te apresentam, você nem sabe que existe, todos vivíamos em uma bolha.
Mas os feriados existem, e festas acontecem. Festas surgem como um dia de liberdade, um dia de direitos e não de deveres, um dia para comer o quiser, fazer o que quiser, ser paparicado, ter seus desejos atendidos. Um dia de pecado.
Na repetitiva e possivelmente tediosa vida da criança, a espera de datas pequenas as tornam grandes eventos, como uma luzinha no fim do túnel que diz em neon: PRESENTES! Agora, presentes também pode significar roupa, e não adianta sorrir ao apertar, que também pode ser cueca.
Grandes coisas ocorrem nesses grandes eventos mirins, um evento sem quinas e com muita supervisão, mas que nem por isso acaba sem meia dúzia chorar.
Mas os pais de hoje em dia perderam a razão e o bom senso, as festas infantis têm cerveja artesanal sem álcool e rapel, se antes era um dia de pecado, aniversário agora virou dia de Adriano.

  • Bru Pinheiro

    Oi meninos, descobri o podcast de vocês recentemente e já ouvi uns 20 ep ahaha. Eu escuto vocês sempre pela Deezer, mas vocês nunca citam a deezer… porque? Algum preconceito? Beijo.

    • Rafael Silvester Conrado

      Eles não tem preconceito com nada moça.
      Eles devem ter se esquecido do deezer, não ter lembrado que estavam sendo ouvidos por lá, ou coisas que naturalmente eles fariam hahahaha

  • Rafael Silvester Conrado

    Vocês ficam citando festas de criança aí. Eu jamais poderia participar desse cast. Eu nunca tive festa de aniversário, mas as broncas da minha mãe eram exatamente iguais aos que foram citados ai hehe

Scroll to top